.posts recentes

. Política de Rendimentos p...

. Política de Rendimentos p...

. A CRISE SOCIAL NO NORTE

. A CRISE SOCIAL NO NORTE

. AGENDA SOCIAL

. Desemprego 2006

. O DESGOVERNO DA SEGURANÇA...

. OE 2007 - Assim não saímo...

. Contradições!

. INCOMPETÊNCIA

.arquivos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

.Visitas
online
Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2006
O ENGANO.

José Sócrates não perdeu.



A leitura de alguma Imprensa Nacional e Estrangeira, sobre o rescaldo das Eleições Presidenciais, leva-me a ficcionar sobre algumas curiosidades e a concluir que no xadrez da Política dois mais dois ás vezes são quatro, mas nem sempre;



Factos concretos:


Bragança foi o distrito que mais votou Cavaco Silva; Cavaco Silva só não ganhou em Beja, distrito conquistado por Jerónimo de Sousa; Os Açores foram o único círculo eleitoral onde Mário Soares teve mais votos do que Manuel Alegre; Os Açores foram também a região com menos idas às urnas (43,08%); Braga foi o distrito com mais votantes (67,62%); Nas eleições presidenciais de 14 de Janeiro de 1996, Jorge Sampaio teve 53,91% dos votos e Cavaco Silva 46,09%;



A opinião dos outros:


A Imprensa internacional, salvo raras excepções, mostrou-se alheia a este acto eleitoral, revelando claramente a pouca importância do nosso País no actual panorama mundial, apesar disso, faço apenas uma referência ao diário económico Financial Times, por ser o único título da imprensa britânica que destaca as eleições presidenciais portuguesas, com um artigo que realça a vitória "esmagadora" de Cavaco Silva referindo ainda que "A sua forte vitória é um retrocesso para o Governo de centro-esquerda de José Sócrates, cujo partido socialista apoiou Mário Soares", esta tese é também corroborada por Ricardo Costa Director-Adjunto de Informação (SIC Online), escrevendo mesmo em artigo de opinião que “José Sócrates é o outro grande derrotado da noite. Apesar da sua posição de primeiro-ministro não ser beliscada, percebe-se que ele é um péssimo secretário-geral do PS: fez más escolhas nas autárquicas e fez piores escolhas nas presidenciais. E ainda fez o erro da noite ao tentar tapar o discurso de Alegre”.



A minha opinião:


Ora é exactamente sobre esse aspecto que eu discordo, José Sócrates não perdeu.


No dia 22 de Janeiro de 2006, houve dois grandes vencedores, Cavaco Silva e José Sócrates, um grande perdedor, o Partido Socialista; e um nem carne nem peixe, o PSD;


Ganhou Cavaco Silva, ganhou e ganhou bem, é o novo presidente da República.


Nem carne nem peixe, o PSD, um partido ostracizado, tímido, a pedir com licença para ir a reboque, um partido cuja bandeira só apareceu após a vitória. Foi sem duvida a melhor estratégia para Cavaco, foi sem dúvida a pior para o PSD.  


Ganhou José Sócrates, ganhou e ganhou ainda melhor.


O povo é soberano mas tem memória curta, a sua opinião é volátil e muda com o vento, ele sabe disso, e nesse sentido a aparente derrota pessoal nestas eleições perder-se-à no horizonte temporal da sua governação, sobrando apenas e tão só o poder de governar sem “sombras” o Partido Socialista. José Sócrates, quando foi a votos ganhou com maioria absoluta. Os principais contestatários à sua liderança, quando foram a votos perderam, perderam nas eleições internas do partido, perderam quando candidatos ás autárquicas, perderam quando candidatos ás presidenciais.


Perdeu a família Soares. O filho, João, deixará de ser o eterno candidato a qualquer coisa, e o pai, o Mário, perderá alguma da presunção que o faz considerar-se dono do partido e da democracia em Portugal.


José Sócrates jogou como ninguém com a vaidade petulante do outro candidato Manuel Alegre. Quem não se lembra da birra que este fez quando não foi escolhido para deputado, quem não se lembra da forma como tiveram que o encaixar na lista por via da sua birra. José Sócrates sabe que o camarada Alegre quando poeta é um mau político, mas não fora a politica e ele não seria conhecido como poeta. Manuel Alegre seria sempre candidato à presidência e foi por isso que Sócrates levou o Partido Socialista a apoiar oficialmente o Soares.


Para Alegre, o milhão de votos que recebeu transformar-se-à num fardo pesadíssimo, pois, ou regressa ao partido e enceta uma guerra para a qual não está preparado, ou sai do partido e enceta um novo movimento condenado ao insucesso. Quando tal acontecer a legitimidade de liderança de José Sócrates no interior do partido será absoluta. José Sócrates demonstrou com a sua atitude ser um verdadeiro estratega do poder, um jogador.


Com tudo isto perde claramente o Partido Socialista.



Ficção:


Numa visão mais ficcionada, ás vezes penso mesmo na existência de um acordo entre Cavaco e Sócrates celebrado em Janeiro, mas de 2005, antes das legislativas, acordo este que serviria ambas as partes, as suas vitórias pessoais.



Em jeito de conclusão:


Não podia terminar no entanto sem referir que o “EL País” (Jornal espanhol) publica o perfil de Cavaco Silva e refere que a carreira do Presidente eleito "reflecte a sua mestria para gerir os ciclos económicos". "Arrogante, distante, habilmente oportunista para uns, gestor capaz, homem calmo e patriota honrado e sacrificado para outros".


 


Estas características não vos fazem lembrar ninguém?


A mim sim, a alguém que tem neste momento uma estátua de cera num museu de Londres.


Talvez Cavaco Silva tenha dito…” porque se não fosse para ganhar…”



Bendito seja.



Gonçalo Dias

publicado por FlaviusII às 18:21
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2006
O Balanço!!!
Bem, chegamos ao fim! Ao fim de mais uma corrida para uma eleição, desta vez a Presidencial. È lícito e coerente que nesta altura se faça um balanço, não só dos candidatos e das suas ideias, mas também do que eles representam. Quanto aos candidatos e as suas ideias esta tudo dito e escalpelizado na imprensa.
O que parece que não é tão óbvio para as pessoas é o que estes senhores representam, e se eles efectivamente representam, representam mal ou não representam uma dicotomia entre direita e esquerda.
Vistas as coisas à luz deste binómio, podemos afirmar com alguma convicção que existe uma grave e profunda crise de identidade política no nosso país.
Alguém pode acreditar que a direita se esgota no Prof. Cavaco Silva, que ele por si só e tal como nos quer fazer querer, representa a social democracia? Não, quanto muito representa os grupos de interesses e os telecomandados que o rodeiam.
E a esquerda, são estes senhores que a representam? São eles que representam a igualdade social e a luta das classes operarias? È o obsoleto Mário Soares ou o fantasista Manuel Alegre que podem pugnar por uma justiça social? E o que dizer dos ortodoxos Jerónimo de Sousa que parou no tempo e Francisco Louça que se fosse eleito tornaria este país o paraíso dos “vícios”.
São estes os políticos que temos, talvez porque o cargo a que se candidatam assim o exija. Como o cargo não passa de mera decoração e praticamente nada representa, também não é relevante que quem o ocupe, represente algo politicamente válido.
É necessário que todos saibamos que em democracia temos sempre uma arma de protesto quando não concordamos e concretamente nos actos eleitorais também, é o voto em branco.




Flavius II
publicado por FlaviusII às 10:01
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2006
O Monstro e a “Besta”
Na imensidão desta velha Europa, a braços com uma crise de identidade e sem rumo, encontra-se à deriva e completamente perdido, quem sabe à beira do abismo, um pequeno país ao qual todos nós pertencemos e que muito nos orgulhamos.
Maltratado por uns, odiado por outros, este velho mendigo da Europa procura um cavaleiro (talvez vindo numa noite de nevoeiro) que o salve de um monstro que se diz ter aparecido, desembarcado, importado, lançado, empurrado ou até mesmo criado, por cá. Não se sabe bem a sua proveniência, mas é certo que ele começou por dar sinais de vida em tempos que já lá vão, não muito remotos. Desde então, para cá nunca ninguém pareceu dar-lhe importância ou mesmo dar pela sua existência, limitavam-se a alimentá-lo, e ele de barriga cheia parecia não incomodar ninguém pois a casa era abastada e ao menino ou senhor monstro nunca lhe deixaram faltar nada.
Para quem não sabe, este monstro foi-se alimentando de: dinheiros públicos mal gastos, esbanjamento, desgovernação, falta de estratégias, incompetência, fuga ao fisco, burlas, prepotência, competitividade, incompetência da justiça, saúde, ensino. Mas alguns dos seus pratos favoritos são sem duvida o clientelismo, o compadrio e a subserviência partidária.
Com o decorrer deste tempo todo, o referido, atingiu a idade de adulto, e aqui sim é que ele se torna um verdadeiro problema. Como a quantidade e qualidade dos alimentos foi diminuindo, fruto de uma escassez, ele entra em fúria e começa a destruir tudo o que o rodeia. Então, o povo aterrorizado, decide encontrar uma arma que o possa combater. De entre algumas opções que surgiram foi escolhida por larga maioria a “Besta”.
A “Besta” como arma altamente eficaz e mortífera que é, começou logo por atacar de forma dura e cruel, sem se preocupar com os danos colaterais que possa provocar. Assim, o seu primeiro ataque foi a aumento de impostos IVA, IRS entre outros. Como isto era insuficiente, resolveu atacar algumas classes sociais, congelando carreiras, tirando direitos sociais, aumentando a idade da reforma, aumentando o desemprego, etc.. Após estes, foi feito um novo diagnóstico da situação, chegou-se à conclusão que era preciso mais, era preciso algo que anestesiasse o monstro para que o efeito destes golpes fosse maior, então lançou-se a OTA e o TGV.
Como a luta está para durar e a “Besta” sozinha parece não ter força suficiente para aguentar o combate, vai daqui a uns dias decidir-se quem a irá ajudar nesta tarefa árdua. De entre os candidatos que se perfilam temos como principais, cinco: o pai do monstro, um tetro-dinossauro, um alquimista, um elefante e um fundamentalista suicida. Pelo que se diz por aí, parece que o escolhido com alguma vantagem sobre os outros vai ser o pai do monstro.
Confirmando-se a eleição do pai do monstro, o ataque que se avizinha vai ser efectuado de mão dada com a “Besta” e usando a táctica da “terra queimada”. Mais uma vez os danos colaterais vão ser elevadíssimos. Prevê-se que o ataque seja efectuado faseadamente ao longo dos próximos três anos e que contemple: a alteração profunda do Código do Trabalho (por exemplo liberalizar os despedimentos); acabar com as restantes políticas sociais; acessos à justiça, saúde e educação terão de ser pagos pelos utentes; venda aos interesses internacionais dos sectores estratégicos do país, acabar a privatização do sector publico, proteccionismo aos grupos de pressão, etc..
Findo este prazo, o monstro deve estar morto ou em vias de extinção, caso não esteja, será dada nova autorização para os mesmos protagonistas continuarem o combate.

Este é um filme para maiores de 18 anos,
brevemente num país …
perto de si !!!



Argumento

Flavius II
publicado por FlaviusII às 18:36
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2006
PRESIDENCIAIS 2006

É verdade, já sei em quem vou votar nas próximas eleições presidenciais. Acreditem, não foram os debates que tornaram a minha vontade tão sólida, não foi o conhecimento do passado e presente de cada candidato, não foi a influência partidária nem tão pouco familiar; foi como que por milagre, a análise aos candidatos feita à luz do Horóscopo das Árvores. Para os indecisos do sexo masculino que este horóscopo seja a luz inspiradora. Para os indecisos do sexo feminino e afins, junto o Horóscopo Sexual dos candidatos. Afiram vocês mesmos.


 


ANÍBAL ANTÓNIO CAVACO SILVA, nascido a 15 de Julho de 1939;


Horóscopo das Árvores – OLMO, “A NOBREZA” (de 15 a 25 Julho)


Disponibilidade de formas agradáveis, com senso de moda, modéstia. Tende a não perdoar os erros, optimista, gosta de mandar, mas não de obedecer. Companheiro honesto e confiável, tem atitude de saber tudo e toma decisões pelos demais. Generoso, bom senso de humor, útil.


Horóscopo Sexual – Homem Caranguejo – A sua técnica mais surpreendente: relações sem mãos. Necessita de constante encorajamento, se o tiver será um maravilhoso namorado. Paciente e agressivo, muitas vezes começa fora da cama. Gosta de comandar e é um mestre na manipulação (manual) do clítoris. Melhores companheiros para os Caranguejos: Touro, Leão, Virgem, Escorpião e Peixes.


 


MÁRIO ALBERTO NOBRE LOPES SOARES, nascido a 7 de Dezembro de 1924;


Horóscopo das Árvores – CARPA, “O BOM GOSTO” (de 2 a 11 Dezembro)


De beleza jovem, preocupa-se com o corpo e a condição física. Bom gosto, tendência para o egoísmo. Faz a vida o mais confortável possível. Vida disciplinada. Ligado à razão, gosta da bondade, um amigo emotivo e agradecido. Sonha com amantes excepcionais, raras vezes se contenta com os seus sentimentos. Entende mal a maioria das pessoas e nunca está seguro de suas decisões. Muito consciente.


Horóscopo Sexual – Homem Sagitário – Sexo raramente é uma experiência intensa com ele, (frequentemente) vem-se rapidamente. É o mestre da massagem erótica – tanto oral como manual. A sua língua pode ser um instrumento malvado quando combinada com os seus lábios, criando um efeito explosivo. Zonas erógenas: ancas e coxas. Gosta de fazer sexo com uma mulher com meias. Melhores companheiros para os Sagitários: Leão, Virgem Balança, Aquário e Escorpião.


 


MANUEL ALEGRE DE MELO DUARTE, nascido a 12 de Maio de 1936;


Horóscopo das Árvores – ÁLAMO, “A INCERTEZA” (de 1 a 14 Maio)


Usa muitos adornos. Não confia muito em si próprio, só é valente se realmente necessário, necessita de boa vontade e de ambiente agradável. Muito selectivo, quase sempre solitário, rancoroso, natureza artística, bom organizador, tende a filosofar, confiável em qualquer situação. Leva o companheirismo muito a sério.


Horóscopo Sexual – Homem Touro – É o companheiro ideal, sensível e compreensivo em relação à companheira. Ele prefere lento, ele não será o seu guia para o exótico desconhecido, mas o que ele faz, faz lindamente. Este é o homem ideal para um longo e luxurioso sexo oral. Este homem é capaz de derreter um glaciar. Zonas erógenas: beijos gentis e lentos e dentadinhas na nuca. Melhores companheiros para os Touros: Caranguejo, Sagitário, Escorpião, Leão, Capricórnio e Virgem.


 


JERÓNIMO CARVALHO DE SOUSA, nascido a 13 de Abril de 1947;


Horósc. das Árvores – BORDO, “INDEPENDÊNCIA MENTAL” (de 11 a 20 de Abril)


É uma pessoa fora do comum, cheia de imaginação e originalidade, tímida e reservada, ambiciosa, orgulhosa, respeita-se a si mesma, procura novas experiências. Às vezes nervosa, muitos complexos, boa memória, aprende com facilidade, comprometida com o amor e com a vida, gosta de impressionar.


Horóscopo Sexual – Homem Carneiro – Dormir com ele é como atravessar um campo minado, nunca se sabe o que vai acontecer. Ele nunca espera que você esteja pronta, por isso, rasga as suas roupas assim que estiver pronto. Não o excite ou esteja preparada para se entregar, prepare-se para ser escrava dos jogos e ele gosta deles duros. Os nativos de carneiro são exploradores, portanto prepare-se para ir onde nenhuma mulher foi antes. Posição favorita: uma mulher de joelhos em aprendizagem. Melhores companheiros para os Carneiros: Não é importante para eles.


 


 


FRANCISCO ANACLETO LOUÇA, nascido a 12 de Novembro de 1956;


Horósc. das Árvores – CASTANHEIRA, “A HONESTIDADE” (de 12 a 21 de Novembro)


De beleza fora do comum, não gosta de impressionar. De bons modos, vivaz, gosta da justiça. Diplomático nato, mas irrita-se com facilidade. Falta-lhe confiança em si mesmo, sente-se superior aos outros, sente que ninguém o entende. Ama só uma vez, tem dificuldade em encontrar a pessoa ideal.


Horóscopo Sexual – Homem Carneiro – Um animal sexual. Gosta de bater e chupar. É um mestre no sexo oral. Infligir dor excita-o, por isso ele pode beliscá-la nos mamilos ou dentro de coisas. Gosta dentro de água, mas a sua perversão são mesas de madeira e chão duro. Melhores companheiros para os Escorpiões: Gémeos e Caranguejo.


 


Então já decidiram?


 


Gonçalo Dias

publicado por FlaviusII às 12:34
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
31
.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds