.posts recentes

. Política de Rendimentos p...

. Política de Rendimentos p...

. A CRISE SOCIAL NO NORTE

. A CRISE SOCIAL NO NORTE

. AGENDA SOCIAL

. Desemprego 2006

. O DESGOVERNO DA SEGURANÇA...

. OE 2007 - Assim não saímo...

. Contradições!

. INCOMPETÊNCIA

.arquivos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

.Visitas
online
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2005
O momento da viragem!!!
O Natal já faz parte do passado, bem como os sentimentos saudosistas que ele desperta em nós. Agora, caminhamos apressadamente para uma noite festiva, eufórica, uma noite que nos permite virar a página de mais um ano das nossas vidas. Este tempo final que nos resta é um tempo de balanço, análise e meditação.
È neste espaço temporal que normalmente caímos na realidade e verificamos que podíamos deixar de ser tão consumistas, de nos endividar tanto, de diminuir o ritmo da nossa vida, pensar na nossa saúde, ter melhorado (feito) isto ou aquilo, ter dado um contributo mais positivo para melhorar a nossa comunidade, fazer tantas outras coisas que é quase impossível estar aqui a enumerá-las. Efectivamente, este “podíamos” é típico de nós Portugueses, é o fardo que carregamos a vida inteira, é o que nos distingue pela negativa de outros povos. Como outras gentes, nós, às portas de um novo ano, tínhamos que olhar em frente e estabelecer objectivos, definir estratégias, evitar erros passados, relançar as nossas vidas e não nos lamentarmos de um passado que já lá vai e, de tudo o que não foi feito. “Que triste sina a nossa!”
O novo ano, que aí vem e os seguintes, tem que ser de esperança, de melhorias e optimismo. É importante banir do nosso vocabulário expressões como “poderíamos” “se” e substitui-las por “temos que…”.
Temos que: deixar de ser os parentes pobres desta velha Europa e mendigar migalhas, mostrar a nossa firmeza e determinação, revoltarmo-nos contra o avassalador domínio estrangeiro, projectarmos os feitos dos nossos antepassados no futuro repetindo o que eles fizeram e dar um novo rumo a uma Europa com uma grave crise de identidade.
As provas que demos no passado longínquo e mais recente, permitem afirmar, nós somos os melhores, independentemente de ter, ser ou poder, na forma ou no conteúdo.
Este é o nosso espírito e aquilo em que acreditamos:
Se não tivermos, lutamos.
Se não somos, seremos.
Se não podemos, conquistamos.

E, porque não substituirmos a expressão banal “Bom Ano de 2006” que todos dizem e que não traduz mais que uma simples simpatia, por “Vamos fazer de 2006 um Bom Ano”.


Flavius II
publicado por FlaviusII às 00:16
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 22 de Dezembro de 2005
O Espírito de Natal como ele é …
Nesta época, as pessoas são dominadas por um estado de espírito que dificilmente se consegue explicar. É este mesmo estado de espírito que leva a que as pessoas privilegiem comportamentos e atitudes que ao longo do ano são difíceis de encontrar.
Como apanhado que estou por este espírito e não fujo ou pretendo fugir a esta regra, proponho-vos que esqueçamos tudo o que de mau aconteceu este ano.
Assim e, porque é Natal, vamos todos esquecer:
- Que este país esta à beira do abismo
- Que estamos a ser governados
- Que não temos rumo, nem timoneiro
- Que temos candidatos à Presidência da Republica
- Que o desemprego existe
- Que existem milhares de famílias no nosso país que este ano, não vão ter Natal
- Que existem pessoas
….
….
E aqui! Na nossa terra, também devemos esquecer algumas coisas passadas:
- Que a Região de Turismo do Alto Tâmega existe e tem presidente
- Que temos uma deputada flaviense
- Que o PS local está mais dividido que as peças de um puzzle em construção
- Que o CDS está em agonia profunda e se faz representar por alguém! (desconhecido)
- Que a JSD (Juventude Social Democrata) existe e tem líder
- Que as empresas da água e do gás, usam e abusam da nossa paciência
- Que o Notário existe e funciona bem
- Que o Desportivo existe
….
….
Tudo isto são banalidades, comparadas com aquilo que se passa por esse mundo fora. Mas nós, por cá, ainda sonhamos, acreditamos no Pai Natal e, conseguimos encontrar o significado de uma das palavras magicas do Natal “esquecer”.
Já agora, um bom Natal e, como alguém um dia disse, “façam o favor de ser felizes” pelo menos uma noite.


Flavius II
publicado por FlaviusII às 20:13
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2005
Bocas...
Pensamento do Dia

O mal de quase todos nós é que preferimos ser arruinados pelo elogio a ser salvos pela crítica.
(Norman Vincent)


Bocas

Ouvi Dizer
Ouvi Dizer que é Natal!
Ouvi dizer que Dezembro é tempo de balanços, de rabanadas e sonhos;
Ouvi dizer que é nesta época que se projecta na relação espaço/tempo o que queremos com o que podemos;
Ouvi dizer que é tempo de ilusões;
Ouvi também dizer que é tempo de ter tempo;
Ouvi dizer que sou surdo;
Ouvi dizer que é tudo mentira;
Ouvi dizer que se uma escada não estiver apoiada na parede correcta, cada degrau que subimos é um passo mais para um lugar equivocado;
Ouvi dizer que o Desportivo caminha para lugar nenhum;
Ouvi dizer que já não tem escada, quanto mais parede para se apoiar;
Ouvi dizer que a “Santa Trindade”, o “quinteto fantástico”, ou simplesmente os “cinco”, como até aqui era designada a comissão administrativa, terá que encontrar outra designação;
Ouvi dizer que um dos seus elementos transformou-se em homem invisível, esfumou-se, desapareceu, ninguém o vê pela casa mãe;
Ouvi dizer que os pessimistas queixam-se do vento, os optimistas esperam que ele mude e os realistas ajustam as velas;
Ouvi mesmo dizer ás más-línguas que ele ajustou as velas e se demitiu;
Ouvi dizer que os outros deviam fazer o mesmo;
Ouvi dizer que sou surdo;
Ouvi dizer que é tudo mentira;

Gonçalo Dias
*Em Árabe (Ou Vidizer Massou Surdo).
publicado por FlaviusII às 13:42
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2005
Ingratidão!!!
- Tinha prometido a mim mesmo não me pronunciar publicamente sobre as eleições presidenciais e muito menos sobre as escolhas do PSD, mas os últimos acontecimentos são de tal forma graves, que me levam a expressar aquilo que me vai na alma…. Quando vejo na imprensa do fim de semana este título - “O presidente social-democrata, Marques Mendes, evitou responder este sábado, à decisão de Cavaco de não querer os líderes do PSD e do CDS-PP, na campanha para as Presidenciais.” – tenho vontade de exteriorizar a minha revolta e reavivar a memória a algumas pessoas.
Este senhor que agora se candidata novamente à Presidência da República, após uma derrota humilhante, é aquele que quando nos governava, como Primeiro Ministro, mandava os Policias bater nos Policias, enviava a Policia de Choque contra os que se manifestavam a favor da defesa do seu próprio trabalho, era arrogante, prepotente e intolerável. Foi esta pessoa que com todas as medidas que tomou (inclusive o celebre Tabu) e com a “escumalha” que o rodeava levou o PSD à derrota e tudo fez para que nunca mais se viesse a recompor aos olhos dos Portugueses. Desde a eleição do Sr. Guterres (de má memoria para todos nós) que o PSD, só conseguiu ser governo durante três anos (para muita tristeza minha) e mesmo assim, aliado a um partido que se não está extinto, está em vias de extinção. Tudo isto por culpa das posições que o Sr. Cavaco tem tomado contra o PSD e os seus líderes, desde Fernando Nogueira até aos dias de hoje, com especial incidência no tempo de Santana Lopes, tendo mesmo levado o PS ao colo para atingir a actual maioria. Este senhor que com arrogância e despotismo renega e tem vergonha do partido que tudo lhe deu e ridiculariza o seu líder publicamente, deve lembrar-se e ter sempre presente que não é, nem nunca foi, o salvador da pátria ou o D. Sebastião. Agora que o PSD e os seus militantes precisam de alguém que lhes dê uma ajuda ou um pequeno empurrão, para mostrar ao país que é uma alternativa credível às tristes e miseráveis políticas do PS, o senhor atira-lhe com toda a sua ingratidão e desfere-lhe fortes golpes. Já diz o povo “não se deve cuspir no prato onde se come …”, porque quem o derrotou uma vez, pode derrotá-lo uma segunda, vale-lhe desta vez, que todos os outros candidatos, são tão fracos que todos juntos não dão um bom!!!


Flavius II
publicado por FlaviusII às 11:20
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2005
“ Bocas … “
- Finalmente chegou “ O choque Tecnológico “ choque2.JPG Foto gentilmente roubada ao “PimpãoDigital”

 

- “ O choque Tecnológico “! O que é isto? Alguém nos consegue explicar? Talvez… não… de certeza, a nossa deputada (fantasma), aquela que nunca ninguém viu ou ouviu, vai explicar aos Flavienses o que realmente é o choque tecnológico. Por directriz do seu Eng.(zinho) irá marcar sessões de esclarecimento em todas as freguesias do concelho com especial incidência nas rurais, onde informara os pequenos agricultores que isto de produzir vinho, batata, centeio, cebolas, nabos, criar gado, já faz parte do passado. O que está a dar agora é comprar um computador e ligar-se à Internet e depois é só esperar que os seus rendimentos aumentem. Na cidade tem também indicações para reunir com todos os grupos profissionais, só a título de exemplo, aos professores será transmitido que aqueles 99,9% que não sabem nem sequer ligar o computador terão que fazer um curso de reciclagem ou então irão ser despedidos. Os jovens são o ponto mais importante deste tema, é a eles que são dirigidas as principais medidas, talvez a mais importante e a que lhe dará mais trabalho a explicar é a que diz respeito ao sexo. Terá que explicar-lhes que isto de fazer sexo por contacto físico, “já era”, “foi-se”, “o que esta a dar” é o sexo virtual, aquele praticado por computador e via net. Com tudo isto a nossa deputada vai ter um trabalho árduo. Nós finalmente vamos poder conhece-la e, dizer-lhe “não abusem da bondade do povo, um dia pode haver chatices”.

 

 

Flavius II
publicado por FlaviusII às 10:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
31
.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds